Soldados Veteranos Americanos Pedem Perdão para a Nação Sioux de Standing Rock

 

vetforgive1

Primeiro-tenente Wes Clark Jr, ajoelha-se pedindo perdão diante dos chefes Leonard Crow Dog e Arvol Looking Horse. foto: Justin Deegan

A vitória histórica, neste momento, dos Sioux de Standing Rock, contra a construção do oleoduto Dakota, de 1900 quilômetros e orçado em 3,8 bilhões de dólares, por suas terras ancentrais foi marcada, também, por momentos de grande tensão e emoção.

Um dos momentos que marcou o sentimento dos participantes e, também, foi divulgado em todo o mundo pelas redes sociais, foi o pedido de perdão do primeiro-tenente veterano Wes Clark Jr, ativista pacifista, no dia 5 de dezembro. Na ocasião, cerca de 4 mil soldados veteranos estavam em Standing Rock para proteger os Sioux e apoiadores, que estavam ameçados de despejo.

vetforgive2

Clark Jr. vestindo o uniforme da Sétima Cavalaria. Foto: Justin Deegan

 

Vestindo o uniforme da Sétima Cavalaria, onde serviu, e na presença de centenas de outros veteranos, xamãs do povo Lakota, anciães e chefes dos povos originários, com lágrimas nos olhos discursou:

Muitos de nós, eu particularmente, somos de unidades que feriram vocês por vários anos. Nós viemos. Nós lutamos contra vocês. Nós tomamos suas terras. Nós assinamos tratados que não cumprimos. Nós roubamos minerais de suas montanhas sagradas. Esculpimos com explosivos as faces de nossos presidentes nas suas montanhas sagradas. Depois, tomamos mais e mais terras e roubamos suas crianças e tentamos impor sua linguagem eliminando a linguagem que deus vos agraciou. Que o criador vos deu. Nós não respeitamos vocês, nós poluímos sua terra, vos ferimos de muitas maneiras, mas, nós viemos aqui para dizer que lamentamos. Nos colocamos à vossa disposição e pedimos perdão.”.

O chefe Lakota, Leonard Crow Dog, pousou sua mão sobre a cabeça de Clark fazendo um prece em perdão aos soldados ajoelhados à sua frente. Muitos veteranos choraram neste momento.

Em seguida, os veteranos formaram uma fila para cumprimentar o chefe Arvol Looking Horse.

Uma das representantes Sioux, Phyllis Young, declarou que planeja adotar como filho,Wes Clark Jr., realizando a cerimônia tradicional Lakota Hunka. Clark afirmou estar honrado com o gesto e, explicando que já havia dado todos os presentes que trouxera, entregou à anciã as chaves de sua própria casa, no sul da Califórnia, acresentando que seus familiares serão sempre bem-vindos.

web_veterans_cleansing_ceremony_12-5_redwolf_pope

Cerimônia de perdão. Foto: Red Wolf Pope

 

O chefe Crow Dog, durante o evento, em sábias palavras afirmou:

“A terra não nos pertence. Somos nós que pertencemos a ela.”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s