Protestos e ocupação derruba coronel da Funai

ocupafunai

Guerreiros tomam Funai de Campo Grande fotos: redes sociais

Segundo informou Combate Racismo Ambiental, no dia 12, o coronel Renato Vidal Sant Anna pediu exoneração do cargo da Coordenação Regional da Fudação Nacional do Índio(FUNAI), em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

O coronel havia sido indicado, em novembro, mas foi recebido com um completo repúdio por parte das lideranças dos povos originários da região, que condenaram a tentativa de militarização da Funai. Essa localidade é hoje o principal foco de conflito de terras entre ruralistas e povos originários.

carta-terena-1-576x1024pedidodemissaocoronel

Após a indicação, 24 caciques do estado enviaram um documento à presidência desse órgão rejeitando a nomeação. Além disso, o povo terena liderou a ocupação da sede da Funai, em Campo Grande por onze dias, e fizeram um bloqueio de estrada, conforme nos contou ativistas locais.

terenaocupafunai

Guerreiros Terenas, Funai de Campo Grande, MS

Foi uma vitória importante que, infelizmente, não contou com grande apoio das entidades democráticas, sindicais e meios de comunicação. Mas que mostrou, assim como a recente vitória dos Sioux de Standing Rock, nos EUA, contra o construção de um oleoduto passando por suas terras sagradas, que o único caminho de defesa é a luta.

 

Um comentário sobre “Protestos e ocupação derruba coronel da Funai

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s